[]
[Como nascem os emojis?]

emojis A maioria dos adeptos às redes sociais utilizam todos os dias os mais variados emojis. Quem nunca usou um beijinho de coração ou o emoji com a carinha de bravo na hora da raiva que atire a primeira pedra. Mas afinal, quem escolhe os emojis que estarão disponíveis para os usuários? Como é o processo de criação? Bom, a empresa responsável por desenvolver os emojis é a Unicode. Ela atualiza frequentemente seu banco de ícones. Para isso, ela se baseia em tendências da internet, ou seja, o que as pessoas estão falando nas redes sociais ou buscando no Google. Mas não é tão simples assim! O processo todo é bem complexo e pode depender de aprovação de comitês internacionais (e levar mais de um ano). Acontece que existem algumas regras em relação aos nossos queridos emojis.

Quem pode sugerir novos emojis?

Qualquer pessoa. A sugestão precisa levar em consideração o quanto aquele item é relevante, ou seja, o quanto ele é necessário e o quanto seria usado. Ou seja, para que seu item seja aprovado, você precisa provar que ele é importante. Você pode fazer isso usando pesquisas que mostram a recorrência do uso dela na internet. O Google Trends pode ser um aliado na hora de te ajudar a sugerir um novo emoji.

O que não pode?

Nenhum emoji pode ferir os direitos humanos, ter cunho religioso ou preconceituoso. Itens muito específicos também não serão aprovados, então esqueça a ideia de colocar a bandeira da sua cidade no hall da Unicode – pelo menos por enquanto. Também não vale sugerir emojis de pessoas famosas e nem marcas. Sabe aquele meme que você ama, mas que possivelmente ninguém mais vai lembrar daqui dois anos? Ele também não vai entrar. Claro que os emojis também vão evoluindo conforme são problematizados. Recentemente o Google fez um pedido à Unicode para incluir mulheres nos emojis de profissões. Lembra que antes só existia a figura de policial homem? Agora isso mudou. As famílias também saíram do modelo “tradicional” e aderiram a diversidade homoafetiva. Eles acompanham, sem dúvida, a evolução dos direitos sociais e da mentalidade das pessoas.

E depois?

Bom, depois que você provar que seu emoji é realmente importante, chegou a hora de escolher a melhor imagem. Você precisa seguir as métricas e técnicas que deverão ser usadas em seu desenvolvimento. Eles são adaptados para todas as plataformas, então sua ideia inicial pode variar bastante. Veja: emojis  

Ajude a escolher

Outra forma de se envolver na escolha de novos emojis é por meio do site Emoji Request (https://www.emojirequest.com/). Ele coloca emojis cotados para entrar para o hall da Unicode em votação e você pode escolher seus preferidos. O site também tem uma lista dos itens que acabaram de ser sugeridos, é bem divertido. A nova atualização da Unicode incluiu 51 emojis, entre eles: disco voador, amamentação, rosto vomitando, copo com canudinho, brócolis, dinossauros, pessoa com barba, mago, coração LGBT, fada, meia, sereia etc.   emojis   Gostou do artigo sobre como nascem os emojis? Tem alguma sugestão para o nascimento de um? Compartilhe sua sugestão.